Novo centro quer viabilizar investimentos para promover a economia circular

O Globo

A promoção da economia circular no país ganhará o reforço de um centro de inovação que vai facilitar acesso a recursos para implementar projetos em larga escala.

O novo Centro Brasileiro de Inovação em Economia Circular é uma parceria do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e da consultoria de gestão de projetos de economia circular Exchange 4 Change Brasil (E4CB).

Modo de produção que elimina o lixo, tornando toda a cadeia produtiva responsável por dar destino aos resíduos durante todo o ciclo de vida dos produtos, a economia circular — ou logística reversa — está prevista na Lei Nacional de Resíduos Sólidos, em vigor desde 2010. Ainda que tenha havido avanços importantes em algumas cadeias produtivas, o resultado deixa a desejar e muitas vezes esbarra na falta de investimentos.

O centro pretende articular empresas de diversos setores a governos, instituições científicas e de inovação, organizações da sociedade civil e agências de fomento na implementação de soluções circulares, seja em produtos, serviços, processos e modelos de negócios.

— Queremos propor um centro de desenvolvimento de inovação na prática, que viabilize projetos em um modelo de integração única. Os projetos são construídos com vários atores da cadeia produtiva, ou seja, já nascem integrando os desenvolvedores e o mercado — diz Beatriz Luz, fundadora da E4CB e diretora do Hub-EC, Beatriz Luz.

Estimativa do Fórum Econômico Mundial mostra que a implementação da economia circular representa uma oportunidade de crescimento global da ordem de US$ 4,5 trilhões até o ano de 2030.

Fonte: https://blogs.oglobo.globo.com/capital/post/novo-centro-quer-viabilizar-investimentos-em-economica-circular.html